quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Loucura

Muitas vezes já considerei loucura um estado de espírito. Coisa boa de ser, de levar a vida, na bandidagem (no sentido legalize mesmo), sem estresses, na paz... Mas depois do que me aconteceu ontem, eu pude perceber: loucura não é coisa boa. Momentos anteriores eu poderia estar aqui  descrevendo um post bem digno, abordando esse tema que, sem dúvida, me enchia bastante os olhos. Mas hoje, diante dos meus 25 anos de vida nem tão bem vividos, deparo-me com uma loucura insana mesmo, de derrubar qualquer um. Vi há poucos uma vida tomada da minha mão, quase sem a chance de poder reverter a situação. Mas eu te pergunto, legítima defesa é loucura?  e nem quero respostas. Ser louco nem é tão complexo assim. É fato. É o ato de agir incontrolavelmente em busca de socorro, proteção, ou até mesmo vingança.  Na boa, eu não queria ter que redigir um texto altamente regressivo ... só queria mesmo escrever loucamente o real significado de loucura e deixar fluir meus mais desvairados sentimentos, abrir meu coração. Mas desta vez, a emoção não tomará conta de mim. Hoje não.... eu não vou viajar na minha loucura tão entranha no peito. Vou ser amarga, fria, como a vida ensinara ser. De acordo com o dicionário, 'Loucura significa doença mental, doidice, demência, insanidade.' Ser louco é ruim. E é sim. Meus dias vazios e sem nexo transformam-se num grau elevado de loucura sobre um ato qualquer imperfeito onde obviamente, eu não estava em mim. Mas, pude evitar antes que viesse cometer. Hoje, eu peço equilíbrio e paz para eu ter muita fé e  não mais querer cometer loucuras advindas de situações extraordinariamente imperdoáveis... embora Deus perdoe. LOUCURA é crer no contrário.

Sarah Pachêco.


II encontro dos blogueiros: 3º desafio. Conheça idéias diferentes sobre o tema.
Participantes:  www.terceirotres.blogspot.com; www.pedrascolor.blogspot.com  www.milacg.blogspot.com ; www.osonhardeviver.blogspot.com .

2 comentários:

c.miChel disse...

"loucura é crer no contrário" infelizmente agente é obrigado a conviver com a violencia...a maldade...isso me deixa muito triste. Este ainda não é o mundo que eu quero...

Sergio Abreu disse...

brilhante...